O backlog de manutenção é uma lista priorizada de trabalhos que precisam ser realizados pelo departamento de manutenção. O backlog pode ser analisado em termos de número de empregos, total de horas de trabalho direto (DLHs) ou custo total.

Depois que o backlog for estabelecido, é importante monitorá-lo e revisá-lo regularmente. O portfólio deve ser revisado pelo menos mensalmente e com mais frequência se houver mudanças significativas no local de trabalho.

#Como calcular o backlog de manutenção?

O backlog de manutenção é o número de tarefas de reparo e manutenção que foram identificadas, mas ainda não concluídas. Para calcular a lista de pendências, basta calcular todas as ordens de serviço pendentes.

O backlog pode ser uma métrica valiosa para monitorar a integridade do seu equipamento industrial. Um alto acúmulo pode indicar que sua equipe está tendo dificuldades para acompanhar os reparos ou que é necessária mais manutenção preventiva. Ao analisar o backlog, você pode identificar tendências e resolver problemas antes que eles causem grandes problemas.

Basicamente é a soma das horas necessárias para executar todas as ordens de serviço dividido pelo total de hora-homem disponível.

#Por que é importante calcular seu backlog de manutenção?

Seu acúmulo de manutenção é a soma de todo o trabalho de reparo e manutenção que você precisa fazer, menos o dinheiro que você reservou para fazer isso. Esse número é importante porque informa quanto trabalho você precisa fazer e quanto dinheiro você precisa reservar para realizá-lo.

Se sua lista de pendências for muito alta, isso significa que você não está reservando dinheiro suficiente para cobrir todos os reparos e manutenções que precisam ser feitos. Isso pode causar grandes problemas no futuro, por isso é importante ficar de olho na sua lista de pendências e garantir que ela permaneça gerenciável.

Há algumas maneiras diferentes de calcular sua lista de pendências de manutenção. O método mais comum é simplesmente pegar todo o trabalho de reparo e manutenção que precisa ser feito e subtrair qualquer dinheiro que tenha sido reservado para trabalhos futuros.

No entanto, algumas pessoas também incluem coisas como manutenção preventiva no cálculo da lista de pendências. Isso pode ser útil se você quiser ter uma visão mais precisa dos tipos de reparos e manutenções que precisarão ser feitos no futuro.

Depois de calcular sua lista de pendências, é importante monitorá-la de perto e garantir que ela não fique muito alta. Se começar a ficar fora de controle…

#Como você pode calcular sua lista de pendências de manutenção?

A primeira etapa é analisar suas atividades de manutenção no último ano e determinar quais foram reativas (ou não planejadas) e quais foram preventivas ou preditivas.

As atividades de manutenção reativa geralmente são trabalhos não planejados e não programados que são executados em resposta a uma falha no equipamento. As atividades de manutenção preditiva e preventiva, por outro lado, são atividades planejadas que são realizadas regularmente para evitar falhas nos equipamentos.

Depois de identificar quais tipos de atividades compõem sua lista de pendências, você pode começar a calcular o custo de cada uma. O custo da manutenção reativa geralmente é muito maior do que o custo da manutenção preventiva ou preditiva, pois geralmente exige horas extras, taxas de envio urgente e outras despesas de emergência.

Para calcular o custo total do seu backlog de manutenção, basta somar os custos de todas as atividades de manutenção reativa, preventiva e preditiva que você não concluiu no ano passado. Isso lhe dará uma boa estimativa de quanto custaria acompanhar todo o seu trabalho excepcional.

Se você quiser obter uma imagem mais precisa do seu verdadeiro portfólio de pendências de manutenção, considere usar um software especializado como o SGMAN.

#Classifique os reparos por urgência

Os reparos relacionados à segurança e aqueles que se enquadram na categoria regulatória geralmente precisam ser concluídos primeiro. Para outros trabalhos, você pode priorizar se eles geram receita ou não.

O acúmulo de manutenção geralmente é causado pela falta de mão de obra e/ou recursos. Uma forma de aliviar a carga é terceirizar parte do trabalho. Você também pode tentar ser criativo com seu agendamento para que nem todos trabalhem nos reparos ao mesmo tempo. Outra solução é criar um modelo de cronograma de manutenção que os trabalhadores possam seguir. Isso ajudará a garantir que todos os reparos sejam concluídos em tempo hábil.”

#Quais são alguns benefícios de calcular seu backlog de manutenção?

De acordo com um estudo do Journal of Quality in Maintenance Engineering, um acúmulo efetivo de manutenção pode levar a:

  • Tempo de inatividade reduzido
  • Aumento do desempenho operacional
  • Segurança aprimorada
  • Custos reduzidos

#Como você pode usar seu backlog de manutenção para melhorar sua instalação industrial?

Você tem um? Caso contrário, você pode considerar a criação de um. Seu backlog de manutenção é uma lista de todas as tarefas de manutenção programadas e não programadas que precisam ser executadas. Isso inclui manutenção preventiva (PM), manutenção preditiva (PdM) e manutenção corretiva (CM). Os benefícios de ter uma lista de pendências são muitos. Para começar, ele pode ajudar a melhorar a eficácia geral do equipamento (OEE), garantindo que todos os trabalhos necessários sejam concluídos em tempo hábil. Além disso, ele pode ajudar a reduzir o tempo de inatividade, fornecendo um cronograma a ser seguido e permitindo que você planeje melhor as interrupções. Finalmente, ele pode aumentar a segurança ao diminuir a probabilidade de erro humano ao executar ordens de serviço. Ao analisar sua lista de pendências, há algumas coisas importantes que você deve ter em mente. Primeiro, você deve identificar quais tipos de tarefas estão ocupando mais tempo e priorizar adequadamente. Em segundo lugar, certifique-se de considerar as necessidades de curto e longo prazo – algumas tarefas podem ter um impacto imediato, enquanto outras podem ser mais estratégicas. Por fim, não se esqueça das restrições de recursos: você precisará levar em consideração tanto as pessoas quanto os materiais ao planejar seu cronograma de ordens de trabalho.

ainda sem comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

  • 5 Estratégias Simples para Simplificar os Processos de Manutenção Industrial
    Quando se trata de manutenção industrial, simplificar os processos pode ser a chave para aumentar a eficiência, reduzir custos e garantir um fluxo de trabalho mais suave. Neste artigo, exploraremos cinco estratégias simples, mas poderosas, que podem ajudar a simplificar os processos de manutenção em sua operação industrial. Padronização de Procedimentos: A padronização de procedimentos […]
  • Como Maximizar a Eficiência da Manutenção Industrial
    Você está procurando maneiras de melhorar a eficiência da manutenção industrial? Você veio ao lugar certo! Neste artigo, vamos explorar estratégias comprovadas que podem ajudar a otimizar sua operação de manutenção, resultando em menos tempo de inatividade, custos reduzidos e maior confiabilidade dos equipamentos. Gestão de Ativos Inteligente: A gestão eficaz de ativos é crucial […]
  • A Importância da Inspeção Visual na Rotina da Manutenção: Detectando Problemas Antes que Aconteçam
    Na complexa dança da manutenção industrial, uma das formas mais simples e eficazes de identificar problemas potenciais é muitas vezes esquecida: a inspeção visual. Embora possa parecer óbvia, essa prática muitas vezes é negligenciada em favor de métodos mais técnicos ou automatizados. No entanto, a inspeção visual desempenha um papel fundamental na detecção precoce de […]
×