Existem três tipos principais de manutenção: preventiva, corretiva e preditiva. Cada tipo tem suas próprias vantagens e desvantagens, por isso é importante escolher o tipo certo de manutenção para suas necessidades.

#Manutenção corretiva

É um tipo de manutenção usado para consertar algo que está quebrado ou não está funcionando corretamente. Este pode ser um serviço emergencial ou programado.

Há uma certa confusão em afirmar que este é o tipo mais caro de manutenção, isso realmente depende da estratégia utilizada. Como exemplo podemos utilizar um carro de passeio, se olharmos para alguns itens fica fácil entender qual estratégia podemos adotar, no caso da corretiva, temos as lâmpadas dos faróis, este é um componente barato que normalmente não causa grandes transtornos ao falhar, neste caso é melhor deixar a lâmpada queimar e então realizar a troca.

#Manutenção preventiva

É um cronograma de manutenção de rotina executado em um ativo, a fim de evitar danos, perigos e custos futuros. Como por exemplo, a troca de óleo do seu carro, esta troca é feita independente da condição do óleo e normalmente feita a cada distância rodada com o carro ou tempo desde a última troca. Este é um bom exemplo da aplicação da preventiva, pois esperar que o motor dê sinais de desgaste irá causar danos de alto custo de reparo, portanto o custo da preventiva é justificável.

#Manutenção preditiva

É a identificação proativa de anomalias de equipamentos que, se não forem verificadas, podem resultar em futuras falhas no equipamento. Ao utilizarmos o mesmo exemplo do carro, de uma maneira simplificada, podemos analisar o pneu, é um componente que é substituído com base na sua condição e não por tempo.

Esta é uma manutenção diagnóstica, que na indústria utiliza sensores e análises para prever uma possível falha antes mesmo que ocorra e então é programada uma manutenção preventiva com base nos sintomas apresentados.

#Conclusão

Existem três tipos principais de manutenção: corretiva, preditiva e preventiva. A manutenção corretiva é realizada após a identificação de um problema e geralmente é o tipo de manutenção mais caro. A manutenção preditiva usa dados para identificar possíveis problemas antes que eles ocorram e geralmente é mais barata do que a manutenção corretiva. A manutenção preventiva é realizada regularmente para evitar que problemas ocorram e geralmente é o tipo de manutenção mais barato.

Um software de manutenção moderno como o SGMAN é essencial para a gestão e definição da manutenção, seja ela corretiva, preventiva ou preditiva.

ainda sem comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

  • Cálculo de Depreciação de Máquinas na Gestão da Manutenção
    Neste post, discutiremos como o cálculo de depreciação de máquinas é essencial para a gestão da manutenção. Exploraremos os métodos comuns de cálculo, a importância da depreciação no planejamento da manutenção e como integrar esses cálculos em seu sistema de gestão para otimizar o ciclo de vida dos ativos. A depreciação de máquinas é um […]
  • Transformando a Manutenção com ChatGPT-4o
    No cenário industrial atual, a tecnologia tem desempenhado um papel fundamental na otimização de processos e na maximização da eficiência operacional. Uma das inovações mais recentes que promete revolucionar o setor de manutenção é a integração do ChatGPT-4o com capacidades de visão avançada e reconhecimento de voz aos sistemas CMMS, como o SGMAN. Essa combinação […]
  • CMMS vs. EAM: Existe Realmente uma Diferença na Prática?
    Descubra as diferenças entre CMMS e EAM na gestão de manutenção. Na prática, são tão distintos? Saiba como o SGMAN une o melhor dos dois mundos. #GestãoDeAtivos
×