Uma curva ABC pode ser usada para melhorar o gerenciamento de ativos alocando recursos com mais eficiência. A curva ABC é uma representação gráfica da relação entre o custo de um item e o número de itens em um conjunto. A curva pode ser usada para determinar a combinação ideal de recursos para atingir o nível desejado de produção.

No SGMAN, você define a criticidade dos ativos e consegue listar e filtrar de forma simples e rápida, agilizando o processo de definição e análise.

#O que é uma curva ABC?

A curva ABC é uma representação gráfica da importância relativa de diferentes ativos em um ambiente industrial. A curva é normalmente usada como uma ferramenta para gerenciamento de ativos, ajudando os tomadores de decisão a priorizar quais ativos devem receber mais atenção e recursos.

É definido o grau de importância/criticidade do ativo, sendo o ‘A’ o mais importante e o ‘C’ o menos, assim ao traçar um gráfico, fica evidente onde você deve colocar mais recursos e tempo com base na criticidade dos seus ativos.

#Como você cria uma curva ABC?

Há três etapas para criar uma curva ABC: primeiro, identifique todos os ativos em sua população; segundo, determine a probabilidade de falha e a consequência da falha para cada ativo; e terceiro, plote os dados em um gráfico com probabilidade no eixo x e consequência no eixo y.

Depois de criar sua curva ABC, você pode usá-la para informar suas decisões de gerenciamento de ativos. Por exemplo, se você tiver recursos limitados disponíveis para manutenção, convém concentrar seus esforços nos ativos que representam o maior risco (ou seja, aqueles localizados no quadrante A). Como alternativa, se você deseja reduzir o risco geral, convém direcionar esses ativos nos quadrantes B e C para melhoria.

Uma curva ABC pode ser usada para melhorar o gerenciamento de ativos, fornecendo uma definição clara da criticidade do ativo. Ao entender quais ativos são os mais importantes para a operação de uma instalação, os gerentes podem alocar recursos de forma mais eficaz e garantir que esses principais ativos sejam bem mantidos. Além disso, uma curva ABC pode ajudar a identificar ativos que podem ser candidatos à substituição ou reforma, bem como aqueles que podem ser operados com segurança com níveis mais baixos de manutenção.

ainda sem comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

  • Escolhendo um CMMS com Base nas Avaliações
    Neste post, vamos discutir por que é crucial analisar as avaliações de sistemas de gestão de manutenção computadorizada (CMMS) em sites como Capterra, além das avaliações de aplicativos nas lojas Google Play e Apple App Store. Essas avaliações oferecem insights reais dos usuários, longe do controle da equipe de marketing, e podem ser decisivas na […]
  • Cálculo de Depreciação de Máquinas na Gestão da Manutenção
    Neste post, discutiremos como o cálculo de depreciação de máquinas é essencial para a gestão da manutenção. Exploraremos os métodos comuns de cálculo, a importância da depreciação no planejamento da manutenção e como integrar esses cálculos em seu sistema de gestão para otimizar o ciclo de vida dos ativos. A depreciação de máquinas é um […]
  • Transformando a Manutenção com ChatGPT-4o
    No cenário industrial atual, a tecnologia tem desempenhado um papel fundamental na otimização de processos e na maximização da eficiência operacional. Uma das inovações mais recentes que promete revolucionar o setor de manutenção é a integração do ChatGPT-4o com capacidades de visão avançada e reconhecimento de voz aos sistemas CMMS, como o SGMAN. Essa combinação […]
×