Se você gerencia uma equipe de manutenção, sabe como é importante ter um sistema instalado para ajudá-lo a organizar o trabalho e acompanhar o progresso. Mas e se você pudesse fazer mais do que apenas acompanhar as ordens de serviço e as solicitações de manutenção? E se você pudesse usar um sistema para ajudá-lo a realmente melhorar a eficiência da sua equipe?

O PCM é uma abordagem de manutenção baseada em dados que usa dados históricos para prever quando é provável que o equipamento precise de reparos. Ao abordar proativamente os problemas antes que eles causem problemas, o PCM pode ajudá-lo a evitar o tempo de inatividade, economizar dinheiro e melhorar a segurança de sua equipe.

Se você é novo no PCM, aqui estão cinco dicas para começar:

#1- Defina suas metas

O que você deseja alcançar com o PCM? Você quer reduzir o tempo de inatividade, melhorar a segurança ou reduzir os custos de manutenção? Depois de conhecer suas metas, você pode desenvolver um plano para alcançá-las.

#2- Conheça seus dados

Você precisa saber quais dados estão disponíveis para você e como eles podem ser usados para tomar decisões sobre manutenção. Os dados podem vir de várias fontes, incluindo sensores de ativos, históricos de ordens de serviço e informações do operador.

#3- Analise seus dados

Depois de coletar os dados, eles precisam ser analisados para identificar padrões e tendências. Essa análise pode ser feita usando uma variedade de métodos, incluindo análise estatística, aprendizado de máquina e conhecimento especializado.

#4- Tome decisões com base em seus dados

Os resultados de sua análise de dados devem ser usados para tomar decisões sobre ações de manutenção. Essas decisões devem ser tomadas com base em análises de custo-benefício e avaliações de risco.

#5- Implemente seu plano

Depois de desenvolver um plano para usar o PCM, você precisa implementá-lo em sua organização. Essa implementação exigirá treinamento para a equipe, mudanças nos procedimentos organizacionais e investimento em tecnologia e ferramentas.

Para isso desenvolvemos o SGMAN, um software de gestão da manutenção que irá te guiar na implantação do PCM e automatizar as ordens de serviço e planos de manutenção, deixando tudo organizado e prático para você se concentrar no que mais interessa.

ainda sem comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

  • Cálculo de Depreciação de Máquinas na Gestão da Manutenção
    Neste post, discutiremos como o cálculo de depreciação de máquinas é essencial para a gestão da manutenção. Exploraremos os métodos comuns de cálculo, a importância da depreciação no planejamento da manutenção e como integrar esses cálculos em seu sistema de gestão para otimizar o ciclo de vida dos ativos. A depreciação de máquinas é um […]
  • Transformando a Manutenção com ChatGPT-4o
    No cenário industrial atual, a tecnologia tem desempenhado um papel fundamental na otimização de processos e na maximização da eficiência operacional. Uma das inovações mais recentes que promete revolucionar o setor de manutenção é a integração do ChatGPT-4o com capacidades de visão avançada e reconhecimento de voz aos sistemas CMMS, como o SGMAN. Essa combinação […]
  • CMMS vs. EAM: Existe Realmente uma Diferença na Prática?
    Descubra as diferenças entre CMMS e EAM na gestão de manutenção. Na prática, são tão distintos? Saiba como o SGMAN une o melhor dos dois mundos. #GestãoDeAtivos
×